EXPLORA O POMAR PEDAGÓGICO

Pêssego

Prunus pérsica

O que vais aprender

  • Conhecer as diferentes variedades de cada fruto e a sua origem;
  • Definir as épocas de consumo das frutas;
  • Reconhecer o valor nutricional das diferentes frutas.
Origem
China
Área Geográfica de Produção
Ribatejo, Oeste, Beira Interior, Alentejo e Algarve

Fora de época
Chile, Espanha e França

Exemplos de variedades
Nectarina: “Maybelle”, “Armking”, ”Independence”. Polpa Branca: “Springtime”, “Red Robin” e “Impero”. Polpa Amarela: “Florida”, “Mycrest”, “Cardinal”, “Dixired”, “Early Red”, “Red Top” e "Fayette". Maracotão (de roer): “Baby Gold” e “Maracotão Rosa”. Pêssego Paraguayo

Curiosidades
Apesar do nome “Prunus pérsica” fazer menção à Pérsia (atual Irão), estudos genéticos sugerem que o pêssego tem origem na China. É um mito considerar que o pêssego provoca indigestão, quando ingerido com água. Na verdade, a água corresponde a cerca de 88 % da constituição do pêssego.

Valor Nutricional
Fornece água, fibra, vitamina A, carotenos, vitamina B3, C e potássio.
Época de Consumo
JAN
FEV
MAR
ABR
MAI
JUN
JUL
AGO
SET
OUT
NOV
DEZ
Estação Normal
Fora de Época
Disponível na 1ª quinzena
Disponível na 2ª quinzena
Porque devemos comer Fruta da Época
Sabias que as frutas são colhidas em épocas específicas do ano?

Este calendário mostra quais são as frutas portuguesas que se devem colher em cada mês do ano.

Se comeres fruta da época verás que é mais deliciosa, barata e está repleta de vitaminas e minerais que te tornam mais forte e saudável.

Diz-nos a Associação Portuguesa dos Nutricionistas: "Se comeres fruta da época verás que é mais deliciosa, barata e está repleta de vitaminas e minerais que te tornam mais forte e saudável."
Conhece aqui o calendário das Frutas da Época

CONHECE O MAPA DAS FRUTAS DE PORTUGAL


Descobre sobre o ciclo de vida
das plantas e a composição da fruta

Esta experiência móvel está otimizada para os seguintes navegadores:

Se utilizares outro navegador pode afectar a visualização e funcionalidades da página durante a visita.

Compreendo e pretendo continuar, mesmo assim